sábado, 19 de janeiro de 2008

Poeiras

Há determinados lugarejos com demasiadas P.E.s por metro quadrado.
Há demasiadas P.E.s!
Encontro uma Pessoa Estranha.
Viajo no metro, penso: "Este homem é duro e frio; e...é forte."
Um arrepio e desviei o olhar. Cinco minutos de intensa e dedicada contemplação do Estranho para mim.Aproxima-se:
"Desculpe, você tem poeira nas calças".
"Obrigado".
"Tire!"
Sacudo a poeira branca da indumentária negra (hoje não é um bom dia para ser fuzilada penso, é sábado).
"Ainda tem poeira nas calças! Tire-a!"
"Não faz mal, deixe estar, obrigado..."
"É melhor [furia] tirar."
Sacudo energicamene, irritad@, cansad@, invadid@... agora que relembro, desconfio até, que se fosse necessário cuspiria nas calças...nas dele...
"Estava a incomodar-me", melhor assim...percebe?"
Claro que percebo, corria risco de vida se aquela poeira continuasse sobre o fundo negro...
Pessoa Estranha levanta-se, leva consigo a poeira, a paranoia e o perfeccionismo. Eu fico ali, sentad@, imperfeit@, revirad@ mas viv@...

6 comentários:

Rui Pipa disse...

Só uma pergunta: em que raio de metros tu andas...que é para eu aprender a evitá-los. Bolas! Psychos...

Siera disse...

Pela tua rica saúde... Diz-me que isto não foi real!!! :p

Anónimo disse...

Na proxima vez respondes:
você tem macacacos no nariz.! Tire!

Ou então:
Você tem caca na cabeça !Tire!

cartoon

Anónimo disse...

Refectindo melhor é capaz de ser perigoso.O melhor será dizer docemente:
Passe-me a escova por favor!
cartoon

Anónimo disse...

aH! FALTA O L EM REFLECTINDO


CARTOON

A Voz da Justiça disse...

Luís, tens caca no nariz. Tira!