quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Cadbury Dairy Milk Chocolate


Não há melhor amigo para uma mulher do que o chocolate! Carentes, Apaixonadas, Frustradas, Gulosas, Festeiras, Irritadas, Nervosas, Ansiosas, Desesperadas...
Todas as mulheres um dia acabam por procurar este fiel poço de teobromina com fins vários: diurese, relaxamento,vasodilatação...
Ora eu sou uma mulher como as outras e como tal, um destes dias cedi à tentação e comprei um Cadbury Dairy Milk Chocolate... sorriso, papilas gustativas saltitantes e weeeeeeeeeeeeeeee: Serotonina!!!
Abro cuidadosamente a embalagem (que na minha opinião tem uma cor muito apelativa!) e os meus olhos descansaram num pequeno detalhe: "Chocolate familiar blá blá blá".
Familiar?? OHHH! NÃO!!! São 6 quadradinhos pequenos, não chegam a ser 50 gr... cabem todos na minha mãozinha, e tenho que o dividir?? Tenho que o partilhar???
Tudo bem que já não tenho avós, mas restam os meus progenitores, a minha tia, os meus padrinhos , os meus tios todos, os meus inúmeros primos :S ! Não, não, não!
Vou esconder, omitir, mentir, o Chocolate é meu e a mim ninguém mo tira! Ou então...passo a ser uma mulher Agressiva e não há Teobromina que me valha! Ora ora familiar!! Só pode ser a gozar...Quem escreveu esta palavra ERRADA na embalagem era seguramente uma pessoa solitária!

5 comentários:

Siera disse...

E nem davas um cadinho a mim??? Buáááááááá!!! :p

Mariana disse...

Por que é que compraste um chocolate de 50g?

Como se isso chegasse alguma vez...

thaeos disse...

Bem, há que interpretar cuidadosamente o conceito de chocolate 'familiar':

1. pode ser o chocolate em que olhamos para ele e dizemos: 'Epah, a tua embalagem não me é estranha...Não te comi já antes??' (Ai essas mentes perversas...)

2. pode ser o chocolate que chega lá a casa para jantar e toda a família lhe dá uma trinca (vá lá, sejamos cavalheiros...senhoras e crianças primeiro!)

3. pode ser aquele chocolate amigo de toda a gente e que, quando vai a uma festa, andam todas as mulheres de volta dele para lhe tirarem um bocado (como naquele anúncio do desodorizante 'Axe Chocolat'!)

Seja como for, no mundo do chocolate é a guerra total! É a lei do mais forte: 'first come, first served!' Não se partilham nem as migalhas!! :P

E a juntar às teobrominas, não esqueçamos os flavonóides do cacau, esses poderosos antioxidantes!!! (As coisas que eu sei e nem sequer sou de um curso de Medicina!) :D

exilada em Tavira disse...

Máquina de chocolates

Acordou mal disposta
Porque o dia não parecia
Prometer grande coisa
E afinal ainda ofereceu
Menos do que prometia

Começando com a frustração laboral
Juntando a espiritual
Terminando com a amorosa
Levando ao forno com muitas horas
Que parecem não passar
Olhando para um relógio
Que parece não querer andar

Ela bem tentou
Pobre vítima da vida
Mas acabou por se tornar
Mais uma alma perdida

A moeda estava no bolso
Parecia coisa pouca
Para pagar por um bocado
De paraíso açucarado

Abriu a embalagem sofregamente
Trincou um bocado avidamente
Na esperança de que o chocolate ingerido
Aliviasse aquele sentimento
De caso perdido

Depois de um flush de serotonina
Em que tudo parece melhor
Tudo outra vez desatina
E fica ainda pior
Porque para além do restante
Agora ficou enjoada
E vai ter que abater as calorias
Da orgia achocolatada

Silver Black Dust disse...

Eu presenciei esta pobre alma a cair em tentação!