domingo, 19 de outubro de 2008

Unhacas

A minha avó tem, desde que me lembro, garras em vez de unhas. Nunca me incomodou até ao dia em que ela cravou as ditas no meu braço quando tentou entrar numa escada rolante da estação de metro da Baixa-Chiado. Depois aproveitou a deixa para passar o resto do passeio com elas enfiadas na minha musculatura pouco tonificada. Tinha um ar extasiado e comecei a desconfiar se a minha avó não seria um vampiro mutante que pode deslocar-se durante o dia e que obtém o sangue das vítimas através dos dedos. Um Blade feminino de 87 anos.



No outro dia partiu a unha do dedo médio. Apanhei-a a tentar aparar a unha com a tesoura da cozinha.

- Avó, há uma tesoura própria pra as unhas na casa de banho. Anda comigo que eu mostro-te onde está.
- Obrigada filhinha.
- Já agora aproveitas e cortas as outras também! - disse eu esperançada...
- Ah, não é preciso.
- É, é... (por favor...)
- Não, não.
- É sim senhor! Isso está enorme! Corta lá isso!

Já desesperava, só de pensar no passeio do dia seguinte.

- Olha lá, mas que dia é hoje? - pergunta a minha avó, como se se tratasse de uma questão essencial para o tema de conversa. A verdade é que se revelou ser uma pergunta de extrema importância...
- É dia 26. - respondeu o meu irmão que entretanto se juntou a nós na casa de banho, local onde ocorrem muitas reuniões familiares não premeditadas.
- Não, não. Que dia é hoje? Em que dia estamos?
O meu irmão olhou para mim com uma cara simultaneamente inexpressiva e com mensagens subliminares fraternais, com uma lente de contacto no dedo.
- É sexta-feira - respondi.
- Ora pois! Sexta-feira não é dia de cortar as unhas.

E abandonou a casa de banho para ir ver televisão.

Agora pergunto: face a esta resposta e a esta lógica, que responderiam vocês? É que nenhum de nós conseguiu argumentar.

2 comentários:

tiago disse...

Ela não tem 87 anos? Come on, no tempo dela havia dias específicos para cada coisa! Não era o banho que era só ao domingo e de 15 em 15 dias?

avozdaignorancia disse...

É claro que sexta-feira não é um bom dia para cortes de unhas! É muito simples: à sexta-feira as manicures com cursos em unhas de gel estão no cabeleireiro a tratar das perucas. Logo sexta-feira não é dia de nails art! Yap, a tua avó é uma mulher dos novos tempos, sempre demasiado à frente! Unhas de gel um negócio de futuro!